outubro 01, 2006

Av. dos Aliados


Eu sei que não sou artista. Eu sei que de arquitectura não sei nada. Eu sei que Siza Vieira é muito conceituado, já ganhou muitos prémios e fez coisas lindas como a Casa de Chá da Boa Nova.
Eu sei que vocês são pessoas educadas e não falam mal, mas eu não sou assim e a verdade, falando como eu falo, sem polimento, bem, a verdade é que ele fodeu a Av. dos Aliados toda. Agora é um mar de pedra cinzenta, rodeado de edifícios cinzentos. E porquê ? Porque é bonito ? Não !
Porque sai mais barato conservar. Como se ainda houvesse manifestações que calcassem os jardins e a despesa fosse insuportável. Tirando, todos os anos, os festejos de mais um campeonato do F.C.P. nada disso existe mais.
Acredito que fosse necessário modificar mas isto é holiganismo cultural.
Devolvam-me a minha Avenida !


As fotos não são minhas, mostram o antes e, imediatamente a seguir, o depois das obras .

7 comentários:

Parrot disse...

Pêndulo,

Totalmente de acordo contigo....ainda ontem lá passei e aquela avenida foi assassinada....estava despida, não respirava, perdeu a cor….estava morta.
Devolvam-me a minha Avenida!

Excelente post.
Abraço

Cila disse...

bom tenho q ver isso...q eu nem acredito!!

bj

wind disse...

Já tinha visto noutro blog.
Tens toda a razão, agora é pedra cinzenta:(
bjs

Cristina disse...

:((

zab disse...

pêndulo:

já não ando a pé por aqui há muito tempo, e fiquei chocada ao ver estas fotos. isto é uma espécie de minimalismo mórbido.

em todo o mundo, as grandes cidades primam cada vez mais por mostrar jardins e recantos exuberantes, para minimizar os efeitos do betão na "alma" dos habitantes, e aqui parece que se pretende exactamente o contrário. muito feio e deprimente.

não gosto!

:(

Fado Alexandrino disse...

Siza Vieira sofre do mal dos génios.
Este começa a diminuir a depois não há ninguém que lho possa dizer.
Aqui entre outros assassinatos moldou a estação de Metro Baixa-Chiado à sua maneira e revestiu-a de alto a baixo de um azulejo pequenino branco tornando-a num mictório gigante.
Além disso os corrimões são de arquitecto e não servem para nada.
Foi o único a quem foi autorizado proibir publicidade na estação.
Sinceramente, detesto o homem.

Este assunto da Avenida só prova o desprezo a que se pode votar essa entidade abstracta que é o povo.
Ele bem reclamou mas ligaram-lhe "a ponta de um corno".

Anónimo disse...

Eu também concordo com o que tem sido dito sobre as barbaridades que foram cometidas por esse senhor conceituado arquitecto.
Não há direito de fazer uma coisa dessas. O senhor deve ter problemas de consciência ou então é muito duro. Que é cinzento já se viu.