outubro 24, 2006

Já nem se consegue marrar nesta choldra


Traseiras do "Museu de Arte Popular" - Lisboa

5 comentários:

Fado Alexandrino disse...

Fechado para obras há seis anos.
As peças, únicas como colecção vão ser atiradas à sorte para outros museus.
Muitas por um fenómeno químico já se “evaporaram”.
Os murais podem desaparecer da vista do público.
Portugal no seu melhor.
Ler aqui .

bolo-de-chocolate disse...

Adorei esta foto. Divertiu-me, coisa difícil hoje... Obrigada, Fadinho!

wind disse...

Bem captado o pormenor, fado:)
é uma tristeza este país, não dá valor ao que tem...
beijos

Cristina disse...

olha!...fiquei aqui ha bocado a olhar pá foto e só agora vi que não comentei...é que de facto não sei o que dizer...o "unicornio" impressionou-me...

bjinho

Arrebenta disse...

Cadê a a Diana F. e o Fado Alexandrino?...