outubro 06, 2006

Para a Cristina



Um Hospital

11 comentários:

Fado Alexandrino disse...

Por ironia, neste Hospital, a esmagadora maioria das pessoas que aqui trabalha são competentes, dedicadas e amáveis.
É difícil avaliar o que esta gente consegue fazer aqui e noutros lados em condições tão deploráveis.
Lembro-me sempre deles (e doutros) quando oiço falar que vão comprar três submarinos, que uma obra pública derrapou cinquenta por cento ou que o primo, sobrinho, cunhado, amante, protegido foi colocado num qualquer lugar apetecível.

É aqui que, como o outro, me apetece puxar logo da pistola.

Cristina disse...

obrigada Fado! :):)

onde é isto?? não reconheço...
Fado, eu já passei por alguns hospitais. a maioria das pessoas são competentes e agradáveis. o contrario são excepção felizmente...
tu és terrivel! ;) dizias por aí que estas sempre a brincar!! eu acho o contrario, tu nunca estás a brincar!tu nunca brincas em serviço! :):), tens é um sentido de humor fantastico. mas extremamente corrosivo. e sempre critico.

pá proxima quero um SPA faxavor....

beijocas, tem um dia bom.

Tuche disse...

Bom dia Fado, olha eu acho que a Cristina merece mesmo é o SPA :))

Mas esta fotografia faz muito sentido e tens toda a razão no que escreves.

beijo

Fado Alexandrino disse...

Obrigado miúdas.
Do SPA não tenho, só a hidro do Holmes, mas é com cada camafeu (que me perdoem as feias mas beleza é essencial!)...

Pode ser que com o euromilhões depois mande uma das Samoas no meio de tantos brasos quantos o da Deusa Vixnu.

Tuché, a leganda da tua foto tem mistério para jogar com a foto.

Diana F. disse...

Concordo com a Cristina, o humor do Fado Alexandrino é cáustico, desde os saudosos tempos do Expresso Online. Sempre o admirei por isso.

Quase que me apetece perguntar, ao Fado, em que país do mundo sub-desenvolvido fica este hospital.

Ainda que ....... o mais importante seja, primeiramente, a qualidade dos serviços prestados pelos técnicos de saúde. E essa qualidade, apesar de muitas vicissitudes e contratempos, é de facto, muito boa.

Portugal terá mesmo que enveredar por uma política de conservação e manutenção dos edifícios existentes ( ... a tarde e a más horas ...., como tudo por cá), porque "capital" ______ népia !

Há muita pensão de reforma "douradinha" para pagar no futuro ....
É a vida !

Parrot disse...

Só me ocorre aquele ditado:
"Quem vê caras não vê corações"

Bom dia para todos e boa ponte...para quem sabe fazer.:)

zab disse...

ai fado, mas que grande maldade!

tadinha da cristina!!

:(

quanto a edificios degradados estamos falados: vou mazé jogar no euromilhões! eheh

Tuche disse...

Fado,

Ó amigo qual legenda???????

Beijos

Cristina disse...

Zab

já viste isto? o homem oferece-me um hospital!...em vez de divertimento, oferece-me trabalho..;) não gosta de mim, só pode...:):)

Fado Alexandrino disse...

Pelo contrário.
Esta foto é o melhor elogio que se pode fazer ao dedicadissímo pessoal que trabalha num Hospital público, ganhando ordenados que para qualquer artista do pontapé na bola mal dava para a gasolina do carrito.

Nota: O que me chamou a atenção nesta foto é o pormenor do tubo. Não serve para nada mas vai estar ali até o Socrates ser pai.

Cristina disse...

podes crer!!

nem te passa pela cabeça qual o valor dos ordenados base da maioria!! ja nem falo dos nossos...apesar de provavelmente ficares espantado com o que ganha um medico que nao faça horas extraordinarias, mas dos aux. e enfermeiros, principalmente.não é à toa que ninguem se fica pelo trabalho minimo...

o tubo é decorativo não? como a maior parte do lixo que anda por aí...:)

bj