outubro 07, 2006

Parque Tipo-PT. Borlix



Entrada Principal do Parques dos Poetas - Oeiras

7 comentários:

Pêndulo disse...

Nem faz sombra nem tapa a chuva. É a obra de fachada perfeita.

Fado Alexandrino disse...

Como visitante frequente gostaria de dar as seguinte dicas.
Primeiro observar a planta do parque.
Os recantos reservados aos poetas tem a forma de uma folha e as avenidas são o ramo desse caule.
O percurso até ao poeta é simbólico e como exemplo o de Vitorino Nemésio é constituido pelas ilhas dos Açores em pedra.

Mas alguns deles provávelmente só se desvendam vistos do ar.

Pêndulo disse...

E que tal fazermos todos um passeio de balão ? Em Junho vou aí, pendurado do meu balão de S. João. Alguém quer boleia no sonho ?

Cristina disse...

hoje estive quase, quase para lá ir...mas irei seguramente em breve.

excelente enquadramento. obrigada pelas dicas..

bjinho

zab disse...

adoro a foto fado! sinto-me à sombra! :)

o enquadramento está muito bom!

o parque também é assim tão grátis, tão grátis, tão gratis, mas mesmo grétis, katé chateia, é??

lol

:):)

Fado Alexandrino disse...

Obrigados.
É gratis, e sem letras pequeninas no fim do contracto.
Tem excelente parque de merendas e pequeno jardim infantil.
Europa, enfim ....
Valha a verdade dizer que foi construido no consulado do Isaltino.

Tuche disse...

Ai Fado estou mesmo a ver que um dia destes dou de caras com a tua máquina, eu tb vou muito ao Parque dos Poetas com a minha filha e a minha sobrinha.

Este espaço é magnifico sem dúvida.

Beijos