outubro 25, 2006

A rua onde nasci e cresci.


Rua Cidade Quelimane, Olivais sul em abril de 1981

16 comentários:

bolo-de-chocolate disse...

Há-de ficar sempre como recordação.
Beijocas
:)

wind disse...

Bonita:) É bom recordar e por acaso conheço essa zona, a minha madrinha (que não vejo há anos), morou aí:)
beijos

Teresa Durães disse...

Tuché,

e conheces a R. Cidade da Beira???

ehehheeh

eu cresci nessa!

E conheço a zona da fotografia, claro!

Será que andámos nas mesmas escolas?????

Fado Alexandrino disse...

Conheço as ruas de andar a deambular pela Carris.
Agora Quelimane, tenho doze anos dela.
E esta, hein!

Tuche disse...

Bolo,

E será mesmo muito boa a recordação de uma infância e adolescência muito boa por ali.

Beijosssssssss

Tuche disse...

Wind,

Eu adoro a minha "terra" sempre que posso vou até visitar os amigos e vizinhos que deixámos, eu sai de lá em 1989 mas nunca me esqueci de ninguém de lá.

Beijossssssssss

Tuche disse...

Teresa,

SE CONHEÇO????

Amiga é seguimento da Quelimane e tem aquele parque com uma "mamas" em cimento, o que eu brinquei por ali e andei de bicicleta e onde ia tocar ás campainhas dos prédios mais altos, nossa tanta recordação boa :))

Estudei na primária na Nampula e depois Fernando Pessoa na Preparatória, por isso a minha paixão por Pessoa.

Enfim ficava a noite toda a falar dos Olivais...

Beijosssssssssss

Tuche disse...

Fado,

Estás a falar a sério???
Quelimane nos Olivais? Viveste lá???
Ou foi em Moçambique?? É que um tio meu vivia em Quelimane-Moçambique.

Beijosssssssssssssssssssss

Fado Alexandrino disse...

Foi em Moçambique.
É giro essa zona ter o nome daquelas cidades, é como o bairro das Colónias agora rebaptizado.
Mas quem sabe deste último é a Cristina.

Cristina disse...

Olaré!

a "minha rua" era mais para cima, rua da Penha de França. onde vivi dos 3 anos até acabar o curso:) e onde tinha como visinho e amigo e confidente, o homem que me ensinou a gostar de futebol e me levava a ouvir uns faduxos quando ja estava farta de estudar..:))). Chamava-se Santos, pai do Sr engenheiro... e esta ein? grande figura, o Santos. Já faleceu.

um dos passeios que mais gostava de fazer era descer o bairro das colónias, rua de Angola, Almirante Reis, Rossio, Rua Augusta até ao Tejo. Depois voltava para cima no 28 até à Graça. bons tempos, aqueles. ;)

beijocas

Scarlett disse...

Fénix! até me arrepiei qd vi a foto! tb sou dos Olivais Sul , no ano passado comprei lá casa...fui para lá com 5 anos, sai aos 25, voltei aos 38)e cada vez vejo mais pessoal da minha geração a voltar às origens! Conheço as ruas, relvados como a palma da mão!Grande bairro!

ROADRUNNER disse...

Fónix! Isto conheço eu bem, apesar de ter vivido muitos anos um bocadinho de nada mais a norte, por aqui passei centenas de vezes a caminho de sítios mais ou menos obscuros umas vezes, outras vezes de sítios mais românticos e outras vezes nem uma coisa nem outra...
Saudações!

Teresa Durães disse...

(mas é tudo daqui dos olivais?

Também iam ao café entre-aeroportos?) nunca percebi o raio do nome, a mulher era trombuda, o sítio não tinha frande limpeza...

tudo na Fernando Pessoa com a prof de matemática Natália Vaz, uma grande prof!

Ainda apanhei a Ana Maria Magalhães, outra excelente professora, a idiota da Isabel Alçada... cof cof cof...

(eu era de um prédio alto e tocava também às campanhias, claro, e fugia!!!!)

oh Tuché, se calhar andámos às guerras entre prédios no carnaval!!

Scarlett disse...

Sou dos Olivais Sul, mas nunca andei na Fernando Pessoa, nem nos Viveiros. Andei na Damião de Góis na preparatória (actual EB 2,3 dos Olivais) e no Liceu D.Dinis! Grande Liceu naquela altura! Passei lá dos melhores anos da minha vida!

Anónimo disse...

Ser dos Olivais é ser de uma tribo! Duvido que alguem tenha tido infancias mais felizes que as da malta dos Olivais. Viveiros - D. Dinis - Espectaculo! Vivi lá 28 anos e ainda hoje adoro lá ir! Ser dos Olivais é ser diferente!
Mario Oliveira

MariaTuché disse...

Bem a todos os que cá apareceram depois da data do post as minhas mais sinceras desculpas por não ter respondido mas hoje deu-me para fazer um tour nas fotos que publiquei e só posso dizer que é uma imensa alegria encontrar por cá mais malta da minha terra eheheh

Bem vindos :)) e voltem sempre